A A A

Histórico



Breve Histórico da ABRALIN

A idéia de constituir-se no Brasil uma sociedade de estudiosos da linguística começou a ser cogitada na segunda metade da década de 60 do século passado, A fundação deu-se em janeiro de 1969, durante a realização, em São Paulo, do III Instituto Interamericano de Linguística e II Instituto Brasileiro de Linguística, em reunião promovida por Joaquim Mattoso Câmara Jr., então presidente da Asociación de Linguística y Filología de América Latina (ALFAL), na Faculdade de Filosofia Sedes Sapientiae da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Embora a inclinação geral dos fundadores fosse atribuir a presidência da nova associação a Mattoso Câmara Jr., que era incontestavelmente o grande nome da linguística brasileira, este não aceitou essa atribuição, por já estar com a responsabilidade pela presidência da ALFAL, e propôs para essa primeira presidência Aryon Dall’Igna Rodrigues, então coordenador do Programa de Pós-Graduação em Linguística do Museu Nacional e diretor do II Instituto Brasileiro de Linguística. O Conselho Científico foi integrado por Joaquim Mattoso Câmara Jr. (UFRJ), Nélson Rossi (UFBA), Isaac Nicolau Salum (USP), Geraldo Lapenda (UFPE), Jurn Jacob Philipson (USP) e Ataliba Teixeira de Castilho (FFCL de Marília, SP). A ABRALIN contou com gestões bianuais conforme descrição abaixo:

1. Aryon Rodrigues (Museu Nacional-UFRJ, 1969-1973)
2. Ângela Vaz Leão (UFMG, 1973-1975)
3. Nelson Rossi (UFBA, 1975-1977)
4. Carlos Franchi (UNICAMP, 1977-1979)
5. Yonne de Freitas Leite (Museu Nacional-UFRJ, 1979-1981)
6. Francisco Gomes de Matos (UFPE, 1981-1983)
7. Ataliba T. de Castilho (UNICAMP, 1983-1985)
8. Carlos Alberto Faraco (UFPR, 1985-1987)
9. Miriam Lemle (UFRJ, 1987-1989)
10. Maria Bernadete Marques Abaurre (UNICAMP, 1989-1991)
11. Diana Luz Pessoa de Barros (USP, 1991-1993)
12. Suzana Alice Marcelino da Silva Cardoso (UFBA, 1993-1995)
13. Maria Denilda Moura (UFAL, 1995-1997)
14. Leonor Scliar-Cabral (UFSC, 1997-1999)
15. Maria Elias Soares (UFCE, 1999-2001)
16. Maria Cecília de Magalhães Mollica  (UFRJ, 2001-2003)
17. Lúcia Maria Pinheiro Lobato (UNB, 2003-2005)
18. Thaïs Cristófaro Silva (UFMG, 2005-2007)
19. Dermeval da Hora (UFPB, 2007-2009)
20. Maria José Foltran (UFPR, 2009-2011)
21. Luiz Passeggi (UFRN, 2011-2013)
22. Marília Ferreira (UFPA, 2013-2015)
23. Mariângela Rios de Oliveira (UFF, 2015-2017)
24. Miguel Oliveira, Jr. (UFAL, 2017-2019)

Os Institutos de Linguística da ABRALIN se realizaram com regularidade nas gestões da ABRALIN, congregando pesquisadores discentes e docentes da área. A partir de 1994 a ABRALIN passou a organizar congressos bienais. A próxima seção caracteriza tais congressos.

 

Histórico dos Congressos da ABRALIN

O primeiro Congresso Internacional foi realizado em Salvador em 1994, na gestão da Profa. Suzana Alice Cardoso (UFBA). Em 1997 a Profa Maria Denilda Moura organizou o I Congresso Nacional da ABRALIN (UFAL). O II Congresso Nacional da ABRALIN foi realizado em Florianópolis na gestão da Profa. Leonor Scliar-Cabral (UFSC) em 1999. Em 2001 ocorreu em Fortaleza, o II Congresso Internacional, na gestão da Profa. Maria Elias Soares (UFCE). O III Congresso Internacional realizou-se no Rio de Janeiro, em março de 2003, na gestão da Profa. Maria Cecília Mollica (UFRJ). Em 2005 durante a gestão da Profa. Lúcia Lobato ocorreu, em Brasília, o IV Congresso Internacional da ABRALIN. Esses eventos têm promovido a integração de linguistas brasileiros e estrangeiros e têm constituído um importante fórum para discussão do estado da arte da linguística, suas sub-áreas e suas interfaces. Em 2007 será realizado em Belo Horizonte o V Congresso Internacional da ABRALIN durante a gestão a Profa. Thaïs Cristófaro Silva (UFMG).
Tradicionalmente, os congressos da ABRALIN são precedidos e seguidos de um Instituto de Linguística. A idéia central dos Institutos Brasileiros de Linguística é levar o ensino da linguística para universidades das diversas regiões do país. Os Institutos de Linguística da ABRALIN contribuíram e contribuem para estimular o desenvolvimento do estudo da linguística nas nossas universidades, auxiliando na formação acadêmica dos seus professores e alunos. A ABRALIN retomou a série denominada Instituto Brasileiro de Linguística, a partir de sua gestão em Recife, em 1982, por iniciativa da Dra. Adair Pimentel Palácio, na gestão presidida por Francisco Gomes de Matos. Desde então, foram organizados pela Associação 11 institutos. Nos últimos anos esses Institutos Brasileiros de Linguística têm sido bienais, em geral, na instituição que sedia a respectiva diretoria da Associação. Em 2007 ocorrerá o XVIII Instituto de Linguística em Belo Horizonte, contando com 20 mini-cursos de 15 horas cada, sendo 10 destes mini-cursos ministrados por docentes que atuam no Brasil e outros 10 mini-cursos ministrados por docentes que atuam no exterior. Os temas dos mini-cursos são variados e visam contemplar a vasta gama de pesquisa na área de linguística.

Associe-se

Conheça as vantagens em se associar a Abralin.
Associe-se agora »

Eventos

Fique a par de todos os eventos da Abralin
Ver Todos »